25 Set D. Manuel Martins [1927-2017]

D. Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu este domingo, aos 90 anos. Conhecido como o “bispo vermelho”, pela sua acção de denúncia das situações de fome e de injustiça social, morreu às 14h05, em casa de familiares, na Maia, onde se encontrava.

Fonte texto e imagem: Público




1Comentário
  • Teresa Toldy
    Publicado em 10:53h, 25 Setembro

    D. Manuel Martins foi vigário do D. António Ferreira Gomes, quando este ficou exilado em Roma, e, segundo ele próprio dizia, isso tinha-o marcado para sempre. Era um homem corajoso, sem medo, convicto da necessidade de falar “para despertar as consciências”, como ele dizia frequentemente – mesmo que o mandassem calar, como aconteceu por vezes. Não se calava! Não calou a sua voz pela causa de Timor, muito tempo antes de todos os políticos “se lembraram”, finalmente, dessa causa, porque já era politicamente correcto fazê-lo. Foi duas vezes à ONU, à Comissão dos Direitos Humanos, falar precisamente da questão de Timor e uma vez ao Conselho Internacional da Pax Christi (um movimento católico resultante da necessidade de reconciliação entre franceses e alemães depois da guerra). Nessa ocasião, tive a honra de traduzir para inglês o que ele dizia, a uma velocidade cada vez maior, porque a justiça não podia tardar e o D. Manuel sabia-o muito bem: quando falava das injustiças, tínhamos a sensação de que ele tinha o carisma de um profeta. Foi ele que denunciou a existência de fome em Portugal, quando também era politicamente incorrecto dizê-lo, entre outras coisas, porque isso resultava, na altura, da existência de salários em atraso. Foi ele que se colocou do lado dos trabalhadores, sem medo que lhe chamassem “o bispo vermelho”. Era ele que considerava D. Oscar Romero santo, mesmo antes de Roma o fazer. Estava contentíssimo com o Papa Francisco – um Papa que “ele merecia”, porque, tal como ele, o D. Manuel tinha um coração enorme, uma alegria de viver que se exprimia num humor inteligente, um sentido da urgência da justiça que o levava a não se calar e a estar ao lado dos mais frágeis. Era um homem bom. Faz muita falta. (O nosso último lanche já terá de ficar para a eternidade!)

Enviar um comentário
<h3>Critérios de publicação / Publication guidelines</h3><div class="vc_row wpb_row section vc_row-fluid profile_info grid_section" style=' text-align:left;'><div class=" section_inner clearfix"><div class='section_inner_margin clearfix'><div class="wpb_column vc_column_container vc_col-sm-12"><div class="wpb_wrapper"><div class="vc_row wpb_row section vc_inner vc_row-fluid" style=' text-align:left;'><div class=" full_section_inner clearfix"><div class="wpb_column vc_column_container vc_col-sm-12"><div class="wpb_wrapper"> <div class="wpb_text_column wpb_content_element "> <div class="wpb_wrapper"> <h2>Critérios de publicação</h2> <p>As mensagens só são publicadas se estiverem de acordo com as seguintes normas:</p> <p> </p> <p>1. As mensagens podem ser escritas nas seguintes línguas: português, inglês, espanhol e francês;<br /> 2. Deve ser deixada uma única mensagem que não poderá ser de resposta a outra mensagem publicada anteriormente;<br /> 3. Não se publicam mensagens violentas, obscenas, difamatórias ou outras desta natureza;<br /> 4. Não se publicam mensagens de teor comercial ou publicitário;<br /> 5. Não se publicam mensagens anónimas;<br /> 6. As mensagens não precisam de ter outra indicação pessoal para além do nome de quem a escreve e qualquer citação usada deve ser devidamente atribuída ao respectivo autor;<br /> 7. EPITAPHION reserva o direito de corrigir imprecisões ou erros linguísticos que as mensagens possam conter;<br /> 8. EPITAPHION reserva o direito, em qualquer caso, de não publicar a mensagem enviada – ou de remover alguma cujo teor seja posteriormente entendido como inadequado.</p> <p> </p> <hr /> <p> </p> <h2>Publication guidelines</h2> <p>Messages should respect the following guidelines:</p> <p> </p> <p>1. Messages can be written in the following languages: Portuguese, English, Spanish and French;<br /> 2. Each user should write only one message which should not be a response to a previous one;<br /> 3. Messages with violent, obscene, defamatory or similar content will not be published;<br /> 4. Advertising or promotional messages will not be published;<br /> 5. Anonymous messages will not be published;<br /> 6. No further personal information is requested, except the true name of the person who posts a message and any quotes used must be properly ascribed to their authors;<br /> 7. EPITAPHION reserves the right to correct grammar or other linguistic mistakes;<br /> 8. In any case, EPITAPHION reserves the right not to publish a message – or to delete those which at any time may be read as inaccurate or inappropriate.</p></div> </div> </div></div></div></div></div></div></div></div></div> <div class="social-sharing ss-social-sharing"> <a onclick="return ss_plugin_loadpopup_js(this);" rel="external nofollow" class="ss-button-facebook" href="http://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=http%3A%2F%2Fepitaphion.com%2Fd-manuel-martins-1927-2017%2F" target="_blank" >Share on Facebook</a><a onclick="return ss_plugin_loadpopup_js(this);" rel="external nofollow" class="ss-button-twitter" href="http://twitter.com/intent/tweet/?text=D.+Manuel+Martins+%5B1927-2017%5D&url=http%3A%2F%2Fepitaphion.com%2Fd-manuel-martins-1927-2017%2F" target="_blank">Share on Twitter</a><a onclick="return ss_plugin_loadpopup_js(this);" rel="external nofollow" class="ss-button-googleplus" href="https://plus.google.com/share?url=http%3A%2F%2Fepitaphion.com%2Fd-manuel-martins-1927-2017%2F" target="_blank" >Share on Google+</a> </div>